Treinamento

Afinal o que é parentalidade?


A palavra parentalidade vem do inglês “parenting” que significa o conjunto de atividades desempenhadas pelos pais, ou cuidadores de referência de uma criança. Esse cuidado diário engloba um conjunto de atividades que deverão assegurar seu bem estar e seu desenvolvimento pleno.

Os adultos de referência de uma criança são aqueles que convivem com ela no dia a dia e deverão estabelecer os vínculos afetivos ao longo de toda a sua infância e adolescência, incluindo seus primeiros dias e anos de vida.

Os pais e/ou cuidadores de referência são responsáveis por amar, cuidar, estimular, educar, e colocar limites saudáveis, o que contribui com o desenvolvimento da autonomia, autoestima, e saúde mental.

É por meio da família que se dão as primeiras relações que servirão de modelos para todas as outras que se desenvolverão fora delas, como: amizades, parceiros amorosos, colegas de trabalho etc. Ou seja, a parentalidade exercida de forma funcional prepara a criança para os desafios e oportunidades da vida presente e adulta. O contrário pode levar a muito sofrimento psíquico, os ditos maus comportamentos, além do desenvolvimento de diversos transtornos psicológicos.

Parentalidade não é sobre ser perfeito, ao contrário, é abraçar a própria vulnerabilidade. É se olhar de frente e poder se questionar, poder se abrir para novas formas de se relacionar com seus filhos, sem se apegar a padrões rígidos que muitas vezes causam sofrimento. É fazer as pazes consigo mesmo, com sua criança interior, para então poder compreender e acolher seu filho.

Quando nós adultos nos conhecemos melhor, conseguimos nos colocar no lugar da criança – o que gera empatia e conexão. Assim conseguimos respeitar melhor a individualidade dos nossos filhos sem impor nossas necessidades.

É responsabilidade dos adultos de referência aprender minimamente sobre as etapas e diferentes necessidades emocionais de nossos filhos, fazendo a nossa parte para assegurar-lhes uma base sólida de segurança, afeto e estabilidade.

Que tipo de parentalidade você exerce? Venha aprender sobre as diversas formas de exercer a Parentalidade, incluindo a parentalidade consciente, responsiva, positiva, autoritária, democrática, negligente ou Permissiva.

Venha conhecer um pouco sobre as formas de parentalidade saudáveis que contribuirão para o desenvolvimento de um futuro adulto emocionalmente saudável.

Sobre o Curso:


Treinamento em Disciplina Positiva





Duração: 3 mêses com encontros quinzenais

Carga horária: 12 horas

Duração de cada encontro: 2 horas

Quando: sábados

Horário: das 10:00 - 12:00h

Treinamento em Disciplina Positiva - Personalizado




Se você quer personalizar
a duração e/ou dia do curso,
Envie mensagem.








Afinal o que é parentalidade?

 

 

A palavra parentalidade vem do inglês “parenting” que significa o conjunto de atividades desempenhadas pelos pais, ou cuidadores de referência de uma criança. Esse cuidado diário engloba um conjunto de atividades que deverão assegurar seu bem estar e seu desenvolvimento pleno.

Os adultos de referência de uma criança são aqueles que convivem com ela no dia a dia e deverão estabelecer os vínculos afetivos ao longo de toda a sua infância e adolescência, incluindo seus primeiros dias e anos de vida.

Os pais e/ou cuidadores de referência são responsáveis por amar, cuidar, estimular, educar, e colocar limites saudáveis, o que contribui com o desenvolvimento da autonomia, autoestima, e saúde mental.

É por meio da família que se dão as primeiras relações que servirão de modelos para todas as outras que se desenvolverão fora delas, como: amizades, parceiros amorosos, colegas de trabalho etc. Ou seja, a parentalidade exercida de forma funcional prepara a criança para os desafios e oportunidades da vida presente e adulta. O contrário pode levar a muito sofrimento psíquico, os ditos maus comportamentos, além do desenvolvimento de diversos transtornos psicológicos.

Parentalidade não é sobre ser perfeito, ao contrário, é abraçar a própria vulnerabilidade. É se olhar de frente e poder se questionar, poder se abrir para novas formas de se relacionar com seus filhos, sem se apegar a padrões rígidos que muitas vezes causam sofrimento. É fazer as pazes consigo mesmo, com sua criança interior, para então poder compreender e acolher seu filho.

Quando nós adultos nos conhecemos melhor, conseguimos nos colocar no lugar da criança – o que gera empatia e conexão. Assim conseguimos respeitar melhor a individualidade dos nossos filhos sem impor nossas necessidades.

É responsabilidade dos adultos de referência aprender minimamente sobre as etapas e diferentes necessidades emocionais de nossos filhos, fazendo a nossa parte para assegurar-lhes uma base sólida de segurança, afeto e estabilidade.

Que tipo de parentalidade você exerce? Venha aprender sobre as diversas formas de exercer a Parentalidade, incluindo a parentalidade consciente, responsiva, positiva, autoritária, democrática, negligente ou Permissiva.

Venha conhecer um pouco sobre as formas de parentalidade saudáveis que contribuirão para o desenvolvimento de um futuro adulto emocionalmente saudável.

Sobre o Curso:

Treinamento em Disciplina Positiva





Duração: 3 mêses com encontros quinzenais

Carga horária: 12 horas

Duração de cada encontro: 2 horas

Quando: sábados

Horário: das 10:00 - 12:00h

Treinamento em Disciplina Positiva - Personalizado




Se você quer personalizar
a duração e/ou dia do curso,
Envie mensagem.



Entre em contato

Preencha o formulário e tire suas dúvidas ou consulte sobre nossa disponibilidade de horários para atendimento:

    Atendimento:
    AdultoAdolescenteInfantilTreinamento

    O Consultório realiza atendimento particular nas modalidades online e presencial. Se você possui convênio, emitimos recibo para solicitação de reembolso.
    Entre em Contato
    Em que podemos ajudar?
    Clique e Envie sua mensagem por WhatsApp!